Error. Page cannot be displayed. Please contact your service provider for more details. (9)

Posts por Marcadores

Você está vendo todos os posts relacionados ao marcador risonhos.

Uma ansiedade incomum, um medo, um frio na barriga. Parecia que era a primeira vez, e realmente era. Passar mais de um ano sem visitar o hospital me fez perceber o quanto é importante a nossa presença naquele ambiente.

Um dia teremos que fazer uma escolha em nossas vidas, e se ainda não a fez, um dia fará. Quando optei em ter que abandonar a Risonhos por um tempo, para me dedicar aos estudos, sofri novamente com a dor da perda, e lembrei o quão dolorosa ela é.

Parafraseando Frejat: “Desejo que você tenha a quem amar/ E quando estiver bem cansado/ Ainda, exista amor pra recomeçar/ Pra recomeçar”.

Roupa (quase) nova, maquiagem modificada, nariz novo e o sentimento de amor e gratidão era o mesmo, talvez renovado pelo tempo o qual eu estive longe, mas tão próximo espiritualmente; e aquele era o momento certo e exato de voltar, era no dia em que teríamos que ser mais gratos ainda pelo amor, companheirismo e dedicação que nossas mães nos deram. E que tal dar carinho a várias pessoas, inclusive àquelas que partilham da alegria e dar dor no ambiente hospitalar tão frio?

“ – Mãe, tô indo. Vamos compartilhar ainda mais esse amor e carinho no hospital.” E fui. Cheguei com receio, e vi que o medo que estava dentro de mim era tão irrisório diante da vontade que eu tinha de estar ali, de fazer sorrir, de ser e fazer diferente. O ambiente continuava o mesmo, mas eu, não. Não é fácil voltar, mas, eu voltei.

“ – Podemos entrar?”. Quanta saudade disso tudo, melhor ainda é ouvir um “ – SIM!”.

Quão bom ouvir: “ – Feio”, “- Tem uma melancia na sua blusa?”; o “meu ridículo” nunca fora tão bem explorado e talvez nem seja isso. Talvez ali dentro eu possa ser quem realmente eu quero e que felicidade ser sempre recebido com um sorriso ou um olhar de curiosidade.

Quantos bebês, crianças, adolescentes, homens, mulheres, pessoas, sentimentos, alegrias, tristezas, esperanças, amor. Vendo que aquele medo que eu estava tendo era tão ínfimo na frente de tantas pessoas e sentimentos, percebi que eu tinha que estar ali, que aquele momento era o ideal para que aquelas pessoas ali presentes esquecessem um pouco da dor e deixassem brotar um sorriso, aquele que talvez tenha sido esquecido com o sofrimento que a vida lhes tenha proporcionado.

Posso dizer para você que me sinto renovado. E como não se sentir? Tantos abraços, sorrisos, gargalhadas, choros de rir e de emoção, tantas músicas e danças, tantos afagos, tantos “– Vem cá palhaço”, “– Obrigado por vocês terem vindo nos fazer sorrir”. Mal sabem eles quem na realidade fez o bem. Saber se doar, sem querer nada em troca é uma grande virtude do ser humano e que isso possa estar presente na vida de todos.

Com os olhos marejados eu digo para todos vocês: a dor da despedida, da perda e da saudade é muito grande, mas a emoção da volta e do recomeço supera qualquer expectativa.

FB_IMG_1432341477905

Gratidão a todos por esse dia.

E, sem esquecer: O amor sempre será o melhor caminho.

Ao acessar aquele mundo tão esperado por mim, aos poucos vi minha empolgação juvenil desacelerar. Eu, tão conhecido por ser falante, passei a ser um simples ouvinte, completamente envolvido na experiência repassada pelos mesmos. Aos poucos fui percebendo que cada uma daquelas pessoas trazia consigo traços de uma história, não somente contada, não só percebida aos seus olhos, mas sim vivida, me dando a sensação de ser parte dela. Senti-me verdadeiramente bem, tranquilo comigo mesmo.

11194628_490373414444721_7654177360270824517_o

Nunca imaginei que seria possível se sentir tão bem por se sentir pequeno. Pois sim, me sentia pequeno diante da vivência dos idosos que tive o prazer de conhecer. Diante do tanto que me era ofertado por parte deles. Queria muito retribuir de alguma forma, então o fiz, fiz o melhor que podia naquela ocasião, o melhor que tinha pra ofertar naquele momento: permaneci sendo um mero ouvinte.

Pré palhaço Felipe Benevides.

E lá vamos a nossa próxima etapa. Novas perspectivas, novas pretensões. A fase introdutória já deixa aquele “gostinho” nostálgico. Foram laços que se formaram permanentemente. E sentindo um pouco desse ar, tivemos a ajuda de uma pré-palhaça recém introduzida na nova fase: a “Risidência”. Diria que podemos sentir um pouco disso tudo a seguir:

“Eu sempre fui muito observadora, principalmente quando chego em um local com pessoas desconhecidas. E me lembro de observar tudo no 1° encontro de pré-palhaços. No fim percebi a coisa que mais tinha me marcado: o sorriso que cada voluntário vestia, aquela expressão que mostrava o quanto nossa presença ali foi esperada. Então saí do encontro pensando na frase: “eu acho finalmente que encontrei meu lugar no mundo” hehe.
E aí nós começamos a linda jornada que tem por nome CTP. Cada dia de encontro nos revelava tantas surpresas, e o que vinha com elas foi nos mudando, nos transformando.
Teve música, danças desengonçadas, abraços, risadas, choro, alegria. Foi muita coisa, algumas impossíveis de nomear.
Pra mim, e creio que pra maioria dos pré-palhaços, saber que tínhamos pessoas maravilhosas nos ajudando e nos guiando foi essencial. Capacitadores que nos deram tanto cuidado e atenção, suas dicas e conselhos serão colocados em prática.
Terminei a CTP com a certeza de que achei um tesouro, achei uma maneira de olhar para o outro, de amar o outro, e de mudar o mundo do outro. Estou indo pra “Risidência” com o coração a mil, esperando as coisas maravilhosas que estão por vir.
E finalizo dizendo que sim, eu realmente encontrei meu lugar no mundo.
A todos que fazem parte da ONG Risonhos: meu muito obrigada.
Amanda Brenner Moura Rebouças

Por Angel Alice.

Bem-vindo ao Novo Site da Ong Risonhos. Esse é Nosso Primeiro Post depois da Nova Roupagem.

O site foi reformulado para ter um visual mais limpo, mais moderno, com tecnologia mais atual do que a que vínhamos utilizando. Mudanças são sempre bem vindas. Tudo cheirando a roupa nova, novos espaços de leitura, nova organização de menus, novo Blog interligado com todas as mídias socias que estamos atuando no dia a dia.

Agora você pode comentar nossos posts utilizando sua conta de Facebook diretamente na postagem, interagindo mais facilmente conosco. A novidade maior fica por parte da flexibilidade do layout responsivo que estamos adotando.
E o que é isso?
Nosso novo site vai se encaixar automaticamente no dispositivo de quem está acessando, seja PC, celular, tablet, etc). E quando estiverem acessando o site através de algum dispositivo móvel, smartphone ou tablet e quiserem compartilhar algum post que gostaram com contatos ou grupos do tão conhecido aplicativo Whatsapp? Interligamos nosso site ao aplicativo e agora você vai poder compartilhar tudo com a maior facilidade, basta um click!

Achou algum erro? Alguma tela não carregou bem no seu navegador do computador, smartphone ou tablet? Nos dê o feedback e colabore com o nosso novo site! Aproveitem, foi tudo feito com muito carinho, atenção para todos que apoiam e disseminam a nossa causa!