Error. Page cannot be displayed. Please contact your service provider for more details. (30)

Posts por Marcadores

Você está vendo todos os posts relacionados ao marcador ongrisonhos.

Em 2018, a Ong. Risonhos completa dez anos de existência. Passaram e passam por aqui pessoas dos mais variados tipos, profissões e percepções. Nossos voluntários e ex-voluntários – pessoas comuns como eu e você – capricham na maquiagem, vestem seus melhores sorrisos, improvisam roupas coloridas e se tornam, pela dedicação e doação, mais especiais do que qualquer um poderia ser. Por isso, a partir de hoje, contaremos aqui – através das palavras deles – as histórias e experiências de algumas dessas pessoas dentro da Ong.

Nesta primeira edição de depoimentos Risonhos, você conhece um pouquinho da história de Márcio Vandré ou, como é conhecido no “meio palhacístico”, Poeta. Vandré está na Ong. Risonhos há 9 anos e ocupa, atualmente, o cargo de presidente. É advogado por formação e escritor por coração, nos encantando frequentemente com seus textos.

f62b61ed-c015-47bc-b1a9-8e6df70879bd

 

 

“Em 2009, eu estava concluindo meu curso superior e me questionava constantemente sobre o que eu estava fazendo para o mundo, buscando descobrir qual seria o meu papel na Terra. Nunca havia pensado em ser palhaço. Até medo disso eu tinha. Na verdade, eu nem sei descrever o momento e o porquê de eu ter escolhido este caminho, mas posso dizer com segurança que foi uma das escolhas mais acertadas que fiz na vida.

Pesquisando na internet, no saudoso Orkut, encontrei a ONG RISONHOS, que na época ainda se identificava como projeto. Acompanhei até o momento que vi que iriam abrir inscrições para novos voluntários. E meio que automaticamente eu me inscrevi e passei a ir para os encontros pré-agendados.

Foi uma emoção ter meu nome aprovado. Mas talvez eu nem de longe pudesse imaginar o quão profunda seria essa experiência. Primeiro porque o palhaço é mais do que parece. É uma imersão em nós mesmos. Por conta disto, posso dizer seguramente que o palhaço me resgatou. Quebrou os grilhões da minha profissão e me mostrou que a felicidade é sempre um caminho a ser buscado. Segundo porque em todos estes anos passados, acumulei uma centena de histórias que me construíram. Tanto pelo que eu doei, como pelo que eu recebi.

Foram um sem número de sorrisos, abraços, de ‘fica mais um pouco, palhaço’, de olhares agradecidos dos pais, de conexões que se formaram e me ensinaram que a beleza da vida a ser vivida está nos pequenos detalhes e vivências.

Com muito orgulho, hoje falo: sou palhaço. E eu estou ciente da minha responsabilidade na Terra e por isso luto incansavelmente para não amainar o sorrir, mesmo se a lágrima teimar em cair. Porque enquanto pudermos rir, ainda poderemos batalhar pela nossa paz.”

WhatsApp Image 2018-08-24 at 9.34.37 AM

Os atos que fazemos, de forma voluntária, pelos hospitais da cidade e no Abrigo de idosos geram sempre novas experiências, trazem sempre novas sensações e aprendizados, tanto para nós quanto para os que gentilmente cedem seus talentos para nos ajudar a alegrar.

No ato do HGF, realizado no dia 18 de agosto, não poderia ser diferente. Nossos palhaços, acompanhados por seus amigos músicos, encheram a ala hospitalar de alegria e os corações, das crianças e deles mesmos, de felicidade. Abaixo, através de depoimento, você pode ver que nossos voluntários acreditam que este ato não poderia ter sido mais mágico ou animado.

“E na tarde do dia 18 de agosto, o HGF foi invadido por uma explosão de alegria chamada ONG RISONHOS. De repente, direto da sala de repouso médico, surgiu uma turma colorida e divertida de palhaços, com direito a brinquedos, microfone, flauta, bolhas de sabão e violões.

Assim, de quarto em quarto, a farra com as crianças e acompanhantes foi saudável e animada. Foram distribuídos sorrisos, carinhos e abraços. Teve roda de samba, concurso de funk, MPB e claro que não poderia faltar o nosso tradicional forró.

Além disso, teve mãe emocionada, coral improvisado e, no final, revivendo a infância de muitos, todos cantaram Xuxa”.

Para Edivaldo, um dos músicos, o ato se tornou um momento de pura realização, no qual ele descobriu que doar-se pode ser ainda mais gratificante para quem doa:

“Foi um momento muito especial, poder levar alegria através dos sorrisos dos meus novos amigos Risonhos e da música. A sensação de bem-estar trazida pelo simples ato de fazer com que as crianças daquela ala hospitalar esquecessem de suas dores, dos seus acessos e de suas tristezas e pudessem brincar de transformar os palhaços em cavalos, em aviões, em sapos etc, além de descobrir o talento daquelas crianças que não tiveram o menor pudor de usar todo o repertório da Galinha Pintadinha, do Patati Patatá, entre outros…. Enfim, tenho certeza que a pessoa que mais ganhou fui eu mesmo. Saí daquele hospital com a alma de um herói sem capa e sem máscara”.

Já para Daniel, o outro músico que acompanhava o ato, o momento foi único:

“Foi uma experiência bastante interessante poder participar desse momento, proporcionando para aquelas crianças algo diferente, e por algum tempo mudar o ‘clima’ daquele local e trazer um pouco de diversão. É tão impactante para as crianças quanto para nós”.

11196337_490647567750639_2349322159949855959_n Leia mais →

Hoje foi um dia muito especial para a ONG Risonhos. O presidente e outros dois voluntários se reuniram com 13 dos 15 pré-palhaços que vão começar a “risidência” em maio. Foram passadas informações gerais sobre os próximos passos e os pré-palhaços tiraram várias dúvidas.
O momento foi de fundamental importância para que todos ficassem cientes dos prazos de cada etapa. Foi frisado que cada pré-palhaço deve ter responsabilidade e organizar seu tempo, evitando assim que sejam eliminados por não conseguirem cumprir o cronograma no tempo determinado.
Gratidão à pré-palhaça Amanda Brenner que nos cedeu um local para o encontro e um suco de maracujá maravilhosoooo. *–*
11206819_490166021132127_3753810565085598653_o

De antemão, já quero dizer que estou ciente que a maioria, senão todos, vão descer logo até o resultado. Tudo bem, já sofri esse mal de ansiar para ver meu nome ali.
Mesmo assim, na esperança que alguém veja a lista e volte para cá, ficam minhas considerações.
Tenho certeza de que cada um de vocês lembram de todo o caminho desde o primeiro dia de apresentação da ONG com tantos desconhecidos em cima e embaixo do palco, até o último dia da Capacitação Teórica e Prática (CTP, pra quem não sabe.), onde essa família está formada. Com certeza, a impressão da velocidade da passagem de tempo de cada um desde o primeiro dia que descobriram que iam ser longas oito semanas; hoje tende a passar a ser relampejantes oito semanas.

Agora, iniciamos uma nova etapa. Não menos importante, nem muito menos desinteressante. Pelo contrário, vocês hoje, começarão a colocar efetivamente em prática tudo o que foi visto e estudado. Todo o desenvolvimento interior de cada um foi para nós, capacitadores e membros da formação desse treinamento, revigorante. Cada novo raio de luz dos olhos de vocês nos fez aprender muito nesse tempo em que estivemos tentando compartilhar o que vivemos com vocês. Esperamos com muito carinho que tenhamos acendido a chama do voluntariado e do cuidar do outro. Seja dentro da ONG Risonhos ou mesmo em qualquer lugar, passando a sermos mais humanizados e atenciosos com o nosso meio.
Temos mania de ter pressa. É normal. O cotidiado é esmagador e se não corrermos atrás dos nossos sonhos e batalharmos pelo que queremos, com certeza, ficamos pra trás. Com toda essa rotina automática, acabamos deixando o cuidado e o amor de lado. O amor principalmente, em todas as suas formas. Esperando que tenhamos os ajudado a respirar melhor, a viver mais e a conseguir enxergar novamente com clareza o que nos rodeia, os deixamos com o agradecimento por nos ajudar a manter essa chama do voluntariado acesa. Vocês que mantém esse objetivo. Vocês que mantém a responsabilidade de espalhar a humanização em todos os cantos e contextos.

Pois bem, nossa segunda fase começa com os quinze primeiros chamados. Agora é a hora de ver e colocar em prática tudo o que estudamos. Se deslumbrar e se encantar com a descoberta crescente do nosso palhaço em ação. Descobrirão o verdadeiro motivo de continuar e efetivamente onde ajudar a tornar o ambiente hospitalar/institucionalizado mais leve, a vida mais leve. Somos nós que levaremos, talvez, o único sorriso do dia daquela criança. Talvez sejamos as únicas pessoas que conversarão e as olharão nos olhos, perguntando como ela se sente. Seremos, de fato, a diferença que tanto defendemos para o mundo. Mesmo ainda em treinamento, vocês serão agentes da transformação. Só depende de vocês.
Com o sentimento de que somos eternos aprendizes e gratos por cada um dos seus sorrisos que tanto nos fizeram ter cuidado em cada uma das tardes em que estivemos presentes, quero pedir que essa chame não se apague. O sentido do ser voluntário e de ser semeador de algo bom em cada uma das pessoas a nossa volta só nos faz crescer.
Obrigada novamente a cada um desses novos narizes e vamos lá pra nossa próxima fase!

Por Angel Alice

Caso seu nome não esteja entre os quinze, sabemos o quão angustiante pode ser esperar mais alguns meses para finalmente iniciar a segunda fase, mas não desanime, preparamos uma agenda cheia de reciclagens, encontros de integração e atos no abrigo que você pode e deve fazer parte.

11195432_830136417061790_1546990444_n

Atenção aos próximos passos para os classificados para a Risidência 2015.1:

28/4 – Será dado acesso interno em nosso fórum aos 15 primeiros colocados (o pré-palhaço precisa se cadastrar no fórum);
29/4 e 30/04 – Os 15 pré-palhaços devem preencher o cadastro unificado e colocar sua disponibilidade de Maio;
1/5 – Reunião com os 15 pré-palhaços para explicar sobre nosso fórum, administração, como será a “Risidência” e assinatura do termo do voluntário.

Bem-vindo ao Novo Site da Ong Risonhos. Esse é Nosso Primeiro Post depois da Nova Roupagem.

O site foi reformulado para ter um visual mais limpo, mais moderno, com tecnologia mais atual do que a que vínhamos utilizando. Mudanças são sempre bem vindas. Tudo cheirando a roupa nova, novos espaços de leitura, nova organização de menus, novo Blog interligado com todas as mídias socias que estamos atuando no dia a dia.

Agora você pode comentar nossos posts utilizando sua conta de Facebook diretamente na postagem, interagindo mais facilmente conosco. A novidade maior fica por parte da flexibilidade do layout responsivo que estamos adotando.
E o que é isso?
Nosso novo site vai se encaixar automaticamente no dispositivo de quem está acessando, seja PC, celular, tablet, etc). E quando estiverem acessando o site através de algum dispositivo móvel, smartphone ou tablet e quiserem compartilhar algum post que gostaram com contatos ou grupos do tão conhecido aplicativo Whatsapp? Interligamos nosso site ao aplicativo e agora você vai poder compartilhar tudo com a maior facilidade, basta um click!

Achou algum erro? Alguma tela não carregou bem no seu navegador do computador, smartphone ou tablet? Nos dê o feedback e colabore com o nosso novo site! Aproveitem, foi tudo feito com muito carinho, atenção para todos que apoiam e disseminam a nossa causa!